Cavaco de Madeira – A popstar das biomassas

Você já ouviu falar do cavaco de madeira?

Hoje em dia, as grandes plantações de eucalipto e pinus não se destinam mais apenas à indústria de papel e celulose, como era antigamente.

Grande parte dessas plantações são as chamadas “florestas energéticas”.

A florestas energéticas destinam-se à produção de energia elétrica através da utilização da madeira e dos resíduos florestais das árvores como combustível para a geração de energia.

E isto funciona da seguinte forma: após o tempo de crescimento adequado das árvores, ocorre a sua derrubada e a separação em toras, que são por sua vez picadas e transformadas em cavaco.

Devido ao seu alto poder calorífico, ou seja, a quantidade de energia liberada em sua queima, que, nesse caso, pode ser resumida em calor, o cavaco é utilizado como combustível nas fornalhas das caldeiras, que produzem vapor em alta pressão e temperatura, alimentando turbogeradores e produzindo energia elétrica de forma eficiente e com baixo custo operacional.

Este tipo de biomassa é cultivado em larga escala nas regiões sul e sudeste do Brasil, e contribui reduzindo a necessidade do desmatamento de florestas nativas, além de contribuir também com a geração de empregos e a diversificação das fontes energéticas locais.

Dessa forma, o cavaco de madeira se torna uma das fontes energéticas mais eficientes e baratas no momento para geração de energia.

Os turbogeradores e plantas termoelétricas da Wórtice atendem com eficiência e baixo custo operacional a esta modalidade de geração.

Quer saber mais? Entre em contato conosco, ou solicite um estudo para a sua necessidade.

E fique por dentro de nosso blog, pois divulgaremos novos posts periodicamente.

 

Autor: Angelo Abranches de Faria
Engenheiro de Vendas

Wórtice Energia

Deixe seu comentário

*Analisaremos seu comentário antes de exibí-lo no site.
Digite o que procura